APÊNDICE B - REGRAS PARA COMPETIÇÕES DE PRANCHAS À VELAO

As competições de pranchas à vela serão disputadas ao abrigo das Regras de Regata à Vela alteradas por este Apêndice. O termo “barco” em qualquer outra parte das regras de regata significa “prancha” ou “barco”, conforme apropriado. Uma prova de pranchas à vela pode incluir uma ou mais das seguintes disciplinas ou seus formatos:

Disciplina Formatos
Regata Regata em percurso; slalom; maratona
Expressão Ondas; estilo livre
Velocidade  

Nas competições de expressão o desempenho de uma prancha é avaliado em perícia e variedade e não em velocidade e as competições são organizadas utilizando séries de eliminação. Tanto as competições de ondas como as de estilo livre são organizadas em função das condições de ondulação no local. Nas competições de velocidade, uma volta (round) consiste numa ou mais carreiras de velocidade nas quais cada uma das pranchas se reveza executando o percurso a intervalos.
Na disciplina de regata, a maratona é uma prova programada para durar mais de uma hora.
Nas competições de slalom ou de expressão, “heat” significa uma prova eliminatória, uma volta (round) consiste em uma ou várias provas eliminatórias (heats) e uma série eliminatória consiste num máximo de quatro voltas (rounds).


B1 DEFINIÇÕES
B1.1
São aplicáveis as seguintes definições adicionais:
Largada da Praia
Quando a linha de largada está na praia, ou tão
próxima da praia que o concorrente tem de estar de pé na água para
largar, a largada é uma largada da praia.
Virada
Uma prancha está virada quando a sua vela ou o corpo do concorrente se encontram na água.

B1.2
As definições seguintes aplicam-se somente nas competições de expressão:
A Entrar e a Sair
Uma prancha que navega na mesma direcção das ondas está a entrar. Uma prancha que navega na direcção oposta das ondas está a sair.
A Saltar
Uma prancha está a saltar quando se solta da crista de uma onda quando está a sair.
A Ultrapassar
Uma prancha está a ultrapassar a partir do momento em que adquire um sobreladeamento vinda de livre pela popa até ao momento em que esteja livre pela proa da prancha ultrapassada.
Em Prioridade
A primeira prancha que navega em direcção a terra imediatamente à frente de uma onda está em prioridade nessa onda. No entanto, quando é impossível determinar qual a prancha que se encontra em primeiro lugar a prancha de barlavento está em prioridade.
A Recuperar
Uma prancha está a recuperar desde o momento que a sua vela ou, no caso de uma manobra de largada da água (waterstarting), o corpo do concorrente sai da água até ter seguimento.
Em Surfing
Uma prancha está em surfing enquanto se encontra sobre ou imediatamente em frente de uma onda quanto está a entrar.
Em Transição
Uma prancha que está a mudar de amuras, ou a soltarse da crista da onda quando está a entrar, ou que não está em surfing, a saltar, virada ou a recuperar, está em transição.

B2 REGRAS PARA TODAS AS COMPETIÇÕES
B2.1 Alterações às Regras da Parte 4
(a) A regra 42 é alterada para: "Uma prancha à vela será impulsionada somente pela acção do vento na vela, pela acção da água no casco, e pela actuação do concorrente que não envolva auxílio exterior".
(b) Adicionar à regra 43.1(a): “No entanto, um concorrente pode usar em competição um recipiente para bebidas que terá uma capacidade de pelo menos um litro e um peso não superior a 1,5 quilogramas quando cheio”.
(c) A regra 44.2 é alterada de modo a que as duas rotações são substituídas por uma rotação de 360º sem a exigência de viragens por davante e em roda.
(d) São eliminadas as regras 44.3 e 44.4(a).
(e) Adicionar à regra 47.1: “excepto como especificado na regra 41.2” (ver regra B4.4.) A regra B2.2 foi eliminada.

B2.2 Inscrição e Qualificação
Adicionar à regra 78.1: “Quando tal for prescrito pela ISAF, um rótulo numerado e datado na prancha e no seu patilhão, barbatana e aparelho terá a função do seu certificado de medição”.

B2.3 Organização de Provas
(a) A última frase da regra 89.2(c) foi eliminada.
(b) Adicionar uma nova regra 89.2(d): “Somente poderão ser dadas instruções verbais se as instruções de regata assim o estabelecerem.”

B2.4 Identificação nas Velas
(a) Adicionar à regra G1.1(a): “O emblema de classe só fará referência ao fabricante ou à classe e não será constituído por mais de duas letras e três números ou por uma forma gráfica abstracta.”

(b) As regras G1.3(a), G1.3(c), G1.3(d) e G1.3(e) foram alteradas para: O emblema da classe será exibido uma única vez em cada lado da vela acima de uma linha perpendicular ao gurutil num ponto situado a um terço da distância do punho da pena à retranca. As letras da nacionalidade e os números da vela serão exibidos no terço central da vela acima da retranca, claramente separados de qualquer publicidade, e colocados a alturas diferentes dos dois lados da vela, sendo os de estibordo os mais altos.

B3 REGRAS PARA COMPETIÇÕES DE REGATA
B3.1 Quando as Pranchas se Encontram
(a) A regra 13 passa a ser regra 13.1. Adicionar a nova regra 13.2:
Uma prancha a virar em roda deve desviar-se de outras pranchas. Durante esse tempo, as regras 10, 11 e 12 não se aplicam. Quando duas pranchas estão sujeitas ao mesmo tempo a esta regra, aquela que se encontrar a bombordo ou pela popa da outra deve desviar-se.

(b) As regras 17, 18.2(b), 18.2(c) e 18.3 foram eliminadas.

(c) A regra 21 passa a ser regra 21.1. Adicionar a nova regra 21.2:
“Uma prancha virada não actuará de modo a perturbar a acção de outra prancha.”

(d) Adicionar a nova regra 22.3: “Quando estão a ser efectuadas regatas, uma prancha não deverá navegar na área de percurso definida nas instruções de regata, excepto quando estiver a competir na sua própria regata.”

(e) Adicionar a nova regra 23:

23 VELA FORA DA ÁGUA À LARGADA
Ao aproximar-se da linha de largada para largar, uma prancha à vela deverá ter a sua vela fora da água e numa posição normal, excepto quando acidentalmente virada.

B3.2 Largada de Regatas
As instruções de regata devem determinar um dos seguintes sistemas de largada.
(a) SISTEMA 1
Ver regra 26. Largada de Regatas.

(b) SISTEMA 2
As largadas de regatas deverão ser efectuadas utilizando os sinais seguintes. Os tempos serão contados a partir dos sinais visuais; a ausência de um sinal sonoro não será tomada em consideração.

Sinal

Bandeira e sinal sonoro

Minutos antes do sinal de largada

Atenção

Bandeira de classe ou número da prova eliminatória

5

Sinal de Atenção retirado

4

Advertência

Bandeira vermelha; 1 sinal sonoro

3

Bandeira vermelha retirada

2

Preparação

Bandeira amarela; 1 sinal sonoro

1

 

Bandeira amarela retirada

Largada

Bandeira verde; 1 sinal sonoro

0

(c) SISTEMA 3 (PARA LARGADAS DA PRAIA)
(1) Antes da sua largada numa prova eliminatória ou de classe cada uma das pranchas deve obter por sorteio um número que corresponderá à sua posição na linha de largada. As posições serão numeradas de modo a que a posição 1 seja a que ficará mais a barlavento.

(2) Após as pranchas serem chamadas para ocuparem as suas posições, a comissão de regatas fará o sinal de preparação expondo uma bandeira vermelha com um sinal sonoro. O sinal de largada será feito em qualquer momento depois do sinal de preparação, ao ser retirada a bandeira vermelha com um sinal sonoro.

(3) Depois do sinal de largada, cada uma das pranchas seguirá o caminho mais curto da sua posição de largada até à sua posição de navegação na água (com ambos os pés do concorrente sobre a prancha).

B3.3 Outras Regras para a Condução de uma Regata
(a) Adicionar a nova regra 29.3:

29.3 Chamada para uma Regata de Slalom
(a) Quando, ao sinal de largada de uma prancha para uma regata de slalom ou de uma prova eliminatória, qualquer parte do seu casco, tripulação ou equipamento estiver do lado do percurso da linha de largada, a comissão de regatas sinalizará uma chamada geral.

(b) Se a comissão de regatas agir de acordo com a regra 29.3(a) e a prancha for identificada, esta será desclassificada sem uma inquirição, ainda que a regata ou a prova eliminatória seja diferida ou anulada. A comissão de regatas deve gritar ou expor o número de vela da prancha, e esta deve abandonar a área do percurso imediatamente. Se a regata ou prova eliminatória tiver nova largada ou for repetida, a prancha não deverá competir nessa regata ou prova eliminatória.

(b) Alterar a regra 31 para “Uma prancha pode abalroar uma baliza, mas o concorrente não deverá agarrar-se a ela.”

B4 REGRAS PARA COMPETIÇÕES DE EXPRESSÃO
B4.1 Regras de Direito a Rumo
Estas regras substituem todas as regras da Parte 2.

(a) A ENTRAR E A SAIR
Uma prancha que está a entrar deve desviar-se de uma prancha a sair. Quando duas pranchas estão a sair ou a entrar na mesma onda, ou quando nenhuma delas está a sair ou a entrar, a prancha com amuras a bombordo deve desviar-se da que está com amuras a estibordo.

(b) PRANCHAS NA MESMA ONDA, A ENTRAR
Quando duas ou mais pranchas estão numa onda a entrar, a prancha que não tem prioridade deve desviar-se.

(c) LIVRE PELA POPA, LIVRE PELA PROA E A ULTRAPASSAR
Uma prancha livre pela popa e que não esteja numa onda deve desviar-se de uma prancha livre pela proa. Uma prancha a ultrapassar que não esteja numa onda deve desviar-se.

(d) EM TRANSIÇÃO
Uma prancha em transição deve desviar-se de uma que o não está. Quando duas pranchas se encontram em transição ao mesmo tempo, a que se encontrar a bombordo ou pela popa da outra deve desviar-se.

B4.2 Largada e Final das Provas Eliminatórias
Para a largada e o final das provas eliminatórias serão usados os seguintes sinais:

(a) LARGADA DE UMA PROVA ELIMINATÓRIA
Cada uma das bandeiras será retirada quando a bandeira seguinte for exposta.

Sinal

Bandeira e sinal sonoro

Minutos antes do sinal de largada

Atenção

Número da prova eliminatória

3

Advertência

Bandeira vermelha, 1 sinal sonoro

2

Preparação

Bandeira amarela, 1 sinal sonoro

1

Largada

Bandeira verde, 1 sinal sonoro

0

(b) FINAL DE UMA PROVA ELIMINATÓRIA

Sinal

Bandeira e sinal acústico

Minutos antes do sinal de final

Aviso de final

Bandeira verde retirada, 1 sinal sonoro

1

Final

Bandeira vermelha, 1 sinal sonoro

0

B4.3 Registo de Velas; Área do Percurso; Duração de uma Prova Eliminatória
(a) Nunca mais tarde do que o sinal de largada para a prova eliminatória duas provas eliminatórias anteriores à sua, as pranchas devem registar na comissão de regatas as cores e outras particularidades das suas velas, ou a sua identificação de acordo com outro método estabelecido nas instruções de regata.

(b) A área do percurso será definida nas instruções de regata e afixada no quadro oficial de avisos nunca mais tarde do que 30 minutos antes do sinal de largada da primeira prova eliminatória. Uma prancha será pontuada somente quando estiver a navegar na área do percurso.

(c) Quaisquer alterações na duração da prova eliminatória serão anunciadas pela comissão de regatas nunca mais tarde do que quinze minutos antes do sinal de largada da primeira eliminatória da volta seguinte.

B4.4 Auxílio Exterior
A regra 41 passa a ser a regra 41.1. Adicionar nova regra 41.2:
Um assistente pode fornecer equipamento sobressalente a uma prancha, mas deve desviar-se de outras pranchas em competição. Uma prancha cujo assistente não se desvie será penalizada. A penalização ficará à discrição da comissão de protestos.

B5 SÉRIES ELIMINATÓRIAS PARA AS COMPETIÇÕES DE SLALOM E DE EXPRESSÃO
As regras B5.1 a B5.5 aplicam-se a competições de slalom ou de expressão organizadas utilizando séries eliminatórias nas quais as pranchas competem em provas eliminatórias.

B5.1 Procedimento de Séries Eliminatórias
(a) A competição consta de uma ou mais séries eliminatórias. Cada uma delas consistirá, ou num máximo de quatro voltas numa única série eliminatória na qual somente um certo número dos melhores classificados prosseguem em competição, ou num máximo de dez voltas em série eliminatória dupla em que as pranchas terão mais do que uma oportunidade para prosseguirem em competição.

(b) As pranchas competirão uma contra a outra em pares, ou em grupos determinados pela tabela de eliminação. Não será alterado o formato da competição seleccionado enquanto uma volta não for completada.

B5.2 Listas de Classificação Estimada (Seeding) e de Classificação Actual (Ranking)

(a) Quando de utilizam listas de classificação estimada ou de classificação actual para estabelecer as provas eliminatórias da primeira volta, os lugares de 1 a 8 (em quatro provas eliminatórias) ou de 1 a 16 (em oito provas eliminatórias) serão distribuídos equilibradamente entre as provas eliminatórias.

(b) Para as séries eliminatórias subsequentes, se as houver, as pranchas serão redistribuídas para novas provas eliminatórias de acordo com as suas posições numa lista de classificação estimada baseada nos seus actuais resultados.

(c) As decisões da autoridade organizadora relativas à classificação estimada são definitivas e não serão fundamento para um pedido de reparação.

B5.3 Programa de Provas Eliminatórias
O programa de provas eliminatórias será afixado no quadro oficial de avisos nunca mais tarde do que 30 minutos antes do sinal de largada da primeira eliminatória.

B5.4 Avanços e Dispensas
(a) Em competições de slalom e de estilo livre a comissão de regatas anunciará as pranchas de cada prova eliminatória que passam à volta seguinte não mais tarde do que 30 minutos antes do sinal de largada para a primeira eliminatória. A comissão de protestos poderá alterar o número de pranchas que continuam em competição, em resultado de uma decisão sobre um pedido de reparação.

(b) Na competição de expressão, todas as dispensas da primeira volta serão atribuídas às pranchas com a classificação estimada mais elevada.

(c) Na competição de ondas, apenas passará à volta seguinte o vencedor de cada uma das provas eliminatórias.

(d) Na competição de estilo livre as pranchas passarão à volta imediata da seguinte forma: numa prova eliminatória de oito pranchas passarão as quatro melhores, e o vencedor competirá contra o quarto classificado e o segundo contra o terceiro; numa prova eliminatória de quatro pranchas passarão as duas melhores, que competirão entre si.

B5.5 Finais
(a) A final consistirá num máximo de três regatas. Nunca mais tarde do que cinco minutos antes do sinal de advertência da primeira regata das finais, a comissão de regatas anunciará o número de regatas a disputar na final.

(b) Depois da final pode efectuar-se uma final de consolação. Nessa final podem competir todas as pranchas que participaram nas semifinais e que não se classificaram para a final.

B.6 REGRAS PARA AS COMPETIÇÕES DE VELOCIDADE
B6.1 Regras Gerais
Todas as regras da Parte 2 são substituídas pelas partes relevantes desta regra.

(a) LARGADAS DA PRAIA E DA ÁGUA
Uma prancha não efectuará uma largada da praia ou da água na área do percurso ou na área de largada, excepto para se afastar do percurso com o fim de evitar as pranchas que estão a largar ou em regata.

(b) SAIR DA ÁREA DO PERCURSO
Uma prancha a sair da área do percurso deve desviar-se das pranchas que se encontram em regata.

(c) CONTROLO DO PERCURSO
Quando a comissão de regatas exibe uma bandeira laranja a uma prancha, esta deverá abandonar imediatamente a área do percurso.

(d) REGRESSO À AREA DE LARGADA
Uma prancha que regressa à área de largada deve desviar-se do percurso.

(e) CARREIRAS; VOLTA
A comissão de regatas anunciará o número máximo de carreiras a realizar por cada prancha numa volta não mais tarde do que 30 minutos antes do sinal de largada para a primeira volta.

(f) DURAÇÃO DE UMA VOLTA
A comissão de regatas anunciará a duração de uma volta não mais tarde do que 30 minutos antes do sinal de largada da volta seguinte.

(g) CONDIÇÕES PARA O ESTABELECIMENTO DE UM RECORDE
A distância mínima para um recorde mundial é de 500 metros. Podem ser estabelecidos outros recordes em distâncias mais curtas. O percurso será delimitado por postes e referências em terra ou por bóias na água. As referências não devem convergir.

B6.2 Sistema de Largada para Competições de Velocidade
Para a largada e o final das voltas serão usados os sinais seguintes. Cada uma das bandeiras será retirada quando a bandeira seguinte for exposta.

(a) LARGADA DE UMA VOLTA

Sinal

Bandeira

Significado

Em espera

Bandeira vermelha

Percurso encerrado

Percurso encerrado

SR e bandeira vermelha

Percurso encerrado; abrirá em breve

Preparação

Bandeira amarela

Percurso abrirá dentro de 5 minutos

Largada

Bandeira verde

Percurso aberto

(b) FINAL DE UMA VOLTA

Sinal

Bandeira

Significado

Aviso para o final

Bandeira verde e amarela

Percurso será encerrado dentro de 5 minutos

Prolongamento

Bandeiras verde e L

Volta actual prolongada em 15 minutos

Final da volta

Bandeira vermelha e L

A largada da nova volta será dada em breve

B6.3 Penalizações
(a) Se uma prancha não cumprir uma advertência da comissão de regatas poderá receber uma reprimenda e o seu número de vela será afixado num quadro de avisos próximo da linha de chegada.

(b) Se uma prancha recebe uma reprimenda pela segunda vez na mesma volta, será suspensa da parte restante da volta pela comissão de regatas e o seu número de vela será afixado no quadro oficial de avisos.

(c) Uma prancha que seja vista na zona do percurso depois de ter sido suspensa será desclassificada da competição sem uma inquirição e nenhum dos seus tempos ou resultados anteriores será válido.

(d) Qualquer infracção às regras de verificação pode ocasionar uma suspensão da competição por um tempo determinado.

B6.4 Verificação
(a) Um observador designado pelo Conselho de Recordes do Mundo de Velocidade à Vela (WSSRC – World Sailing Speed Record Council) estará presente e verificará os tempos e as velocidades nas carreiras de tentativas de recorde mundial. A comissão de regatas verificará os tempos e velocidades nas carreiras em outras tentativas de recorde.

(b) Um concorrente não entrará na área de controlo de tempos nem discutirá directamente com os responsáveis pela cronometragem quaisquer questões relacionadas com a cronometragem. Todas estas questões devem ser dirigidas à comissão de regatas.

B7 PROTESTOS, REPARAÇÕES, INQUIRIÇÕES E APELOS
B7.1
(a) Adicionar depois da terceira frase da regra 61.1(a): “Informará a comissão de regatas sobre a sua intenção de protestar imediatamente depois de chegar ou de se retirar.”

(b) A regra 61.2 passa a ter o título de 61.2(a) Regatas em Percurso e Maratonas. Adicionar a nova regra 61.2(b):

REGATAS DE SLALOM E OUTRAS DISCIPLINAS
Um protesto deve ser feito verbalmente e imediatamente após a prova eliminatória em que ocorreu o incidente.

B7.2
Adicionar uma nova regra 62.1(e): “uma prancha que não se desviou e
se retirou ou foi penalizada.”

B7.3
Na regra 62.2, depois de “por escrito” adicionar: “excepto numa série eliminatória”.

B7.4
A regra 63.2 passa a ser a regra 63.2(a). Adicionar uma nova regra 63.2(b): “Numa série eliminatória, a comissão de protestos pode efectuar a inquirição de um protesto na praia ou na água imediatamente após uma prova eliminatória.”

B7.5
Iniciar a regra 65.2 acrescentando “Excepto numa série eliminatória”.

B7.6
A regra 67 foi eliminada.

B7.7
Adicionar a nova regra 70.6: “Não são permitidos apelos nas regatas de slalom e competições de expressão.”

B8 PONTUAÇÃO
B8.1 Pontuação Geral
Se um evento inclui mais do que uma disciplina ou formato, as instruções de regata estabelecerão o método para calcular a pontuação geral.

B8.2 Pontuação de Séries
A regra A2 é alterada para
Em cada série a pontuação de uma prancha será o total das suas pontuações em cada regata, série eliminatória ou volta de velocidade, excluídas as piores pontuações, como se indica em seguida:

Regatas em percurso, voltas de velocidade

Séries eliminatórias de slalom e de expressão

Número de exclusões

1 - 3

1 - 2

0

4 - 6

3 - 4

1

7 - 10

5 - 7

2

11 - 15

8 ou mais

3

16 ou mais

 

4

Quando uma prancha tem duas ou mais piores pontuações iguais, será(ão) excluída(s) a(s) pontuação(ções) da(s) prova(s) efectuada(s) inicialmente no conjunto da série. A prancha com a menor pontuação na série será a vencedora, e as outras serão classificadas consequentemente. As regras B8.5, B8.6 e B8.7 contêm excepções a esta regra.

B8.3 Sistemas de Pontuação
(a) A regra A4 passa a intitular-se “Sistemas de Pontuação Baixa e Alternativos “ e o seu preâmbulo foi eliminado. A regra A4.1 foi alterada para
Cada prancha que larga e chega numa regata e que depois não se retira, não é penalizada nem lhe é concedida uma reparação, receberá as pontuações seguintes:

Posição de chegada

Sistema de Pontuação Baixa

Sistema Alternativo

Primeiro

1

0,7

Segundo

2

2

Terceiro

3

3

Cada posição seguintes

Adicionar 1 ponto

Adicionar 1 ponto

(b) Adicionar ao final da primeira frase da regra A4.2: “ou, numa série eliminatória, o número de pranchas nessa prova eliminatória.”

B8.4 Prova Eliminatória Incompleta
Quando não é possível completar uma prova eliminatória, os pontos correspondentes aos lugares que não se puderam pontuar serão somados e o total dividido pelo número de lugares nessa prova. Cada uma das pranchas inscritas na prova eliminatória obterá o número de pontos resultante, arredondado até à décima de ponto mais próximo (com arredondamento de 0,05 para cima).

B8.5 Pontuação de Série Final em Slalom
(a) Se tiverem sido completadas três regatas da final, a pontuação da série final de cada prancha será a soma das pontuações de cada prova, excluindo a sua pior pontuação. Caso contrário, a sua pontuação na série será a soma das suas pontuações nas regatas.

(b) Uma prancha que não larga, não chega, se retira depois de chegar ou foi desclassificada de uma regata da final, receberá a pontuação equivalente ao número total de pranchas inscritas na final.

B8.6 Pontuação na Disciplina de Expressão
(a) A disciplina de expressão será pontuada por um painel de três juízes. No entanto, o painel pode ser composto por mais juízes em número ímpar, e podem existir dois destes painéis. Cada um dos juízes atribuirá pontos a cada manobra, com base na escala estabelecida nas instruções de regata.

(b) A comissão de regatas estabelecerá os critérios de pontuação que serão anunciados no quadro oficial de avisos não mais tarde do que 30 minutos antes do sinal de largada da primeira prova eliminatória.

(c) A posição de uma prancha na prova eliminatória será determinada pela soma dos pontos atribuídos por cada um dos juízes. A prancha com a pontuação mais alta será a vencedora, e as outras serão classificadas consequentemente.

(d) Para que uma série eliminatória seja válida devem ter sido efectuadas ambas as provas eliminatórias da semi-final.

(e) Com excepção dos membros da comissão de regatas responsáveis pela pontuação do evento, somente os concorrentes de uma prova eliminatória serão autorizados a consultar as folhas de pontuação dos juízes referentes a essa prova. Todas as folhas de pontuação incluirão o nome completo do juiz.

(f) As decisões dos juízes quanto a pontuação não serão fundamento para que uma prancha apresente um pedido de reparação.

B8.7 Competição de Velocidade
A posição de uma prancha numa volta será determinada pela média das
velocidades que tenha obtido nas suas duas carreiras mais rápidas nessa
volta. A prancha com a média mais alta será a vencedora, e as outras
serão classificadas consequentemente.

B8.8 Empates numa Série
(a) COMPETIÇÕES DE REGATA E VELOCIDADE
Nas competições de regata e velocidade, a regra A8 é alterada do seguinte modo:

(1) Adicionar a nova regra A8.1: “Se houver um empate nas pontuações de uma série entre duas ou mais pranchas, este empate será desfeito a favor da(s) prancha(s) com a melhor pontuação individual na(s) pontuação(ões) excluída(s).”

(2) A regra A8.1 passa a ser regra A8.2. A frase inicial “ Se houver um empate nas pontuações de uma série” foi alterada para “Se persiste um empate”, e a última frase foi alterada para “Estas pontuações serão utilizadas ainda que algumas delas sejam pontuações excluídas.”

(3) A regra A8.2 passa a ser a regra A8.3 e a sua frase inicial “Se persiste um empate” foi alterada para “Se ainda persiste um empate”.

(b) COMPETIÇÕES DE EXPRESSÃO
Para as competições de expressão, a regra A8 foi alterada do
seguinte modo:
(1) Numa prova eliminatória, se houver um empate na pontuação total atribuída por um ou mais juízes, o empate será desfeito a favor da prancha que tenha a pontuação individual mais alta na categoria prioritária. Se todas as categorias tiverem idêntica prioridade, o empate será desfeito, em competição de ondas, a favor da prancha com a pontuação individual mais alta em ondas, e em competição de estilo livre, a favor da prancha que tenha a pontuação mais alta em avaliação geral. Se persiste um empate, este será desfeito, em competição de ondas, a favor da prancha que tenha a pontuação individual mais alta na categoria sem prioridade, e em competição de estilo livre, o empate manter-se-á como resultado final.

(2) Se houver um empate nas pontuações de uma série, o empate será desfeito a favor da prancha que obteve o maior número de melhores resultados. Serão utilizadas todas as pontuações, ainda que algumas delas sejam pontuações excluídas.

(3) Se ainda persiste um empate, a prova eliminatória voltará a ser efectuada. Se tal não for possível, o empate manter-se-á como resultado final.